Home seta Na varanda seta Um novo modelo: Construções Sustentáveis

Guia

Na varanda
E-mail
  Construções Sustentáveis
construcoes02.jpg
O conceito de Construção Sustentável baseia-se no desenvolvimento de um modelo que permita à construção civil enfrentar e propor soluções aos principais problemas ambientais de nossa época, sem renunciar à moderna tecnologia e à criação de edificações que atendam as necessidades de seus usuários.
     
 
O que é Construção Sustentável?
      
Construção Sustentável é um sistema construtivo que promove alterações conscientes no entorno, de forma a atender as necessidades de edificação e uso do homem moderno, preservando o meio ambiente e os recursos naturais, garantindo qualidade de vida para as gerações atuais e futuras.
      
 
Construção civil e economia sustentável
    
A construção civil é o segmento que mais consome matérias-primas e recursos naturais no planeta e é o terceiro maior responsável pela emissão de gases do efeito estufa à atmosfera, compreendidos aí toda a cadeia que une fabricantes de materiais e usuários finais (construtoras, empreiteiras etc.).
     
A Construção Sustentável tem, portanto, papel fundamental no desenvolvimento e incentivo de toda uma cadeia produtiva que possa alterar seus processos para um foco mais ‘eco’, de forma a reverter o quadro de degradação ambiental e poluição, bem como para preservar os recursos naturais para futuros usos e as gerações vindouras.
 
construcoes30.jpg
Existe um padrão único para uma construção sustentável?
    
Não. Pode haver inúmeros tipos de obras sustentáveis, uma vez que o que caracteriza uma construção com esse perfil é a busca (e o encontro) de soluções para necessidades locais e específicas, com repercussões para além de si mesma.
   
Não há um ‘receituário’ para construções sustentáveis, pois cada obra surge do cruzamento de diversas necessidades e relacionamentos – como, por exemplo, da obra com o clima, vegetação e solo local; da vontade do cliente com a capacidade do arquiteto de perceber e traduzir essa vontade num projeto que compatibilize todas as interfaces, visando mais qualidade de vida e preservação ambiental.
    
A garantia para que uma obra seja considerada sustentável é o planejamento minucioso de todas as intervenções a partir de uma perspectiva holística e sua criteriosa execução. Esse planejamento definirá também o nível de sustentabilidade da obra, ou seja, seu alcance e limites em relação ao meio ambiente.
    
Como identificar e classificar obras sustentáveis?
    
É importante construir sustentavelmente e também comprovar que a obra seguiu esses pressupostos. Trata-se de um direito e uma garantia para o cliente, para o mercado e uma maneira de se propagar com credibilidade o conceito de construção sustentável.
      
Como garantir que minha obra é sustentável?
     
�� Solicitar ao responsável pela obra um plano de intervenção e gestão ambiental, prevendo todas as etapas, de forma a considerar a própria construção como um organismo vivo, com todas as interações delineadas;
    
�� Solicitar ao responsável pela obra ou ao gestor ambiental (consultor, assessor etc.) informações técnicas sobre o tipo de intervenção proposta para tornar a obra sustentável, incluindo detalhes sobre materiais, tecnologias, soluções e técnicas a serem aplicadas, atestando os respectivos benefícios ambientais;
     
�� Solicitar aos responsáveis pela obra ou assessoria planos de viabilidade ecológica e econômica da obra, apontando benefícios não apenas para o proprietário e usuários em si, mas aqueles que também sejam extensivos à coletividade, tais como vizinhança, visitantes, comunidade no entorno. Um ponto fundamental é mensurar o pay-back (retorno do investimento) da obra, lembrando que esse retorno poderá também vir na forma de marketing, benefícios à comunidade ou mesmo bem-estar e qualidade de vida dos usuários da edificação;
    
�� Solicitar detalhes sobre o método construtivo empregado e seus impactos e/ou benefícios ambientais, bem como as respectivas justificativas técnicas;
    
�� Solicitar dos fabricantes e fornecedores documentos comprovando procedência e desempenho sustentável dos produtos e tecnologias fornecidos. Se possível, adquirir produtos certificados, desde que as certificações (ou ‘selos verdes’) sejam idôneas e alicerçadas em laudos e ensaios de entidades independentes, não comprometidas com valores exclusivamente comerciais;
    
�� Buscar informações junto a entidades independentes e com experiência e know-how em arquitetura, construção, ecoprodutos, tecnologias e soluções sustentáveis.
 
construcao4.jpg

Nove passos para a construção sustentável
   
Além de atender às principais normas e diretrizes nacionais e internacionais, o IDHEA utiliza-se de metodologia própria, desenvolvida ao longo de dez anos de pesquisas e experiência aplicada nas áreas da construção sustentável e de ecoprodutos e tecnologias sustentáveis. Trata-se do sistema Nove passos para a construção sustentável, que contempla as principais etapas que uma obra deve cumprir para tornar-se eco-eficiente e sustentável.
A implantação das etapas descritas a seguir pode ser integral, parcial ou gradativa e é passível de ser aplicada em todos os tipos de edificação, seja residencial, comercial, industrial ou rural. O resultado final mais abrangente ou restrito dependerá dos recursos gerais disponíveis, do envolvimento e possibilidades de todos e, principalmente, da vontade do cliente. Vale lembrar, contudo, que a metodologia não deve ser aplicada da mesma forma para todos os tipos de edificação, observando-se sempre as características de cada uma e se é possível –ou pertinente- promover as intervenções ou avaliações sugeridas.

Os nove passos
1. Planejamento Sustentável
2. Aproveitamento passivo dos recursos naturais
3. Eficiência energética
4. Eficiência no uso da água
5. Gestão dos resíduos na edificação
6. Qualidade do ar e do ambiente interior
7. Conforto termo-acústico
8. Uso racional e controlado de materiais que ofereçam riscos à saúde e meio ambiente
9. Uso de ecoprodutos e tecnologias sustentáveis

Fonte: IDHEA – INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HABITAÇÃO ECOLÓGICAAv. Lins de Vasconcelos, 319, Cambuci, São Paulo, SP, 01537-000
Tels. +55 (11) 3227-4742/ 3271-1619/ 3326-9876/ 9498-6516
www.idhea.com.br/ Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email

 
< Anterior   Seguinte >
SegRadar
Anuncio Zsol
OttoCar
Anuncio
PlusPoint
Consulta Voo
Zsol Anuncie
O que falta